A Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte determinou nesta terça-feira (12) o afastamento imediato do prefeito Leonardo Lisboa e do seu vice Aluízio Almeida de Araújo (Lula Caboclo), do município de Passa e Fica na região Agreste potiguar.
A decisão judicial é da juíza Tatiana Socoloski Perazzo Paz de Melo, da 12ª Zona Eleitoral, que também determinou a realização de novas eleições, com data a ser definida pelo TRE-RN.
Além deles, a juíza também cassou o mandato do vereador Josinaldo Mandu (PR) e os registros de Everaldo Bezerra Guedes e Danilo Mandu candidatos a prefeito e vice-prefeito, respectivamente, nas eleições de 2016.
Os três ficam inelegíveis por oito anos.
Com a decisão, assumirá a prefeitura interinamente a presidente da Câmara Municipal, a vereadora Lela Borges (PP).