A ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) lançou oficialmente sua pré-candidatura à prefeitura de Mossoró na noite da segunda-feira, 27. O evento, realizado no Sítio Cantópolis, foi o primeiro encontro partidário entre filiados ao Partido Progressista (PP), correligionários políticos, possíveis aliados e simpatizantes da “Rosa”.

O encontro contou com a presença de nomes como o ex-deputado federal e presidente estadual do PP Betinho Rosado, o ex-deputado estadual e marido de Rosalba, Carlos Augusto Rosado, o deputado federal Beto Rosado (PP), o vereador Francisco Carlos (PP) e a ex-deputada estadual Ruth Ciarlini.

Também estiveram presentes pré-candidatos a vereador pelo PP. O lançamento da candidatura de Rosalba à prefeitura teve pouca representatividade de outros partidos. Além dos políticos e candidatos do PP, somente o dirigente local do PTdoB, Franklin Robson, compareceu ao encontro.

Rosalba este ano deve disputar a candidatura a prefeita de Mossoró pela quarta vez, cargo que já ocupou três vezes: nos anos de 1988, de 1996 e de 2000. Em 2010, foi eleita governadora do Estado, mas terminou o governo com índice de reprovação elevado.
A Prefeitura de Guamaré publicou no Diário Oficial dos Municípios, edição desta terça-feira, 28, o decreto municipal assinado pelo prefeito Hélio Miranda que transfere para a próxima sexta-feira, 1º, o feriado desta quarta-feira, 29, data em que a igreja católica venera São Pedro, o primeiro Papa da instituição religiosa mais antiga do mundo.

Com o decreto municipal, estão assegurados os serviços essenciais de saúde, limpeza e segurança e ainda o funcionamento de outras repartições, de acordo com a conveniência administrativa.
O documento foi assinado pelo chefe do executivo com data desta segunda-feira, 27 de junho de 2016.
Erros de governos passados, falhas no Governo atual é resultados, de pistas ruins. Entenda por que as estradas brasileiras são cenários de tragédias diárias.
Existe uma guerra no asfalto. Às vezes, o maior sai amassado, mas quem perde é o menor. Perde e morre. Todo mundo sabe disso.
Na cabeceira da ponte da Mutamba de Caeira na RN 016 entre Assú e Carnaubais a estrutura cedeu e um buraco se abriu.



Solidários com o censo de cessibilidade os Moradores para evitar grandes acidentes sinalizaram o local com galhos de mato. O perigo aumenta a noite. Atenção DER!!! 
O Vereador Escolástico Paulino (PSD), apresentará projeto de lei para Fixar em Um Salário Mínimo os Subsídios dos Vereadores de Olho D'água do Borges/RN para o período 2017-2020.
Isso, considerando que o vereador trabalha apenas em média três horas por semana. O vereador fez uma comparação com a renumeração do professor formado neste município, que tem um salário inicial de R$ 1.400,00 com um carga horária de 20 horas semanais.

Escolástico afirma ainda, que o vereador com um salário mínimo não será injusto, injusto é o salário do professor que exerce uma atividade que exige muita responsabilidade e compromisso. Para isso, o vereador se baseou numa cidade da Paraíba que já fixou em Um Salário Mínimo os subsídios para a próxima Legislatura 2017-2020.
O veículo da senadora Fátima Bezerra foi tomado de assalto neste domingo, em Nova Descoberta, na zona Leste de Natal. A parlamentar não estava no carro na hora da ação criminosa. De acordo com a assessoria de imprensa de Fátima, o motorista da senadora havia deixado-a no aeroporto no meio da tarde.

Na volta, parou para prestar assistência a amigos que estavam com um carro quebrado no bairro da zona Leste. Foi quando dois homens numa moto abordaram o grupo e anunciaram a ação criminosa. Eles levaram pertences das vítimas e o carro modelo Hilux.

A polícia foi acionada. Até a publicação desta matéria, a assessoria da senadora não tinha tido retorno por parte da Segurança Pública Estadual a respeito das buscas.
 
Continuam as barbeiragens e falta de respeito de muitos condutores em carros e motos aqui em Guamaré, e com isso, com a falta de fiscalização, de ação das autoridades onde muitos cidadãos estão sendo vitimas de pessoas sem noção e totalmente despreparados para conduzir um veiculo.
Tem casos que chega a ser revoltante.
O nosso Blog já chamou atenção para a situação, muitas vezes, durante as nossas postagens até pessoas perderam a vida por falta de uma ação eficaz das Policias e dos poderes legislativo, executivo, e ater do Ministério Público que são os caminhos que precisamos cobrar para ver se alguma coisa, de fato, acontece para impedir tamanhos absurdos.
Quando falamos em absurdos, estamos falando de crianças e adolescentes conduzindo motos e também carros, estamos falando de adultos embriagados, estamos falando de jovens sem educação que com a autorização dos seus pais ganham às ruas e desrespeitam pedestres e colocam suas vidas e de outras pessoas em risco.

Quando alguém vai se tocar e ver que aqui em Guamaré a Lei precisa ser colocada em pratica de forma RADICAL para banir de vez tantas irresponsabilidades. Quase todos os dias estamos vendo relatos de acidentes com ciclistas, de motoristas que não respeitando faixas de pedestres e de veículos em alta velocidade.
Absurdo, e falta de vergonha, formam juntos um total desrespeito. Olha tem sido frequente na avenida principal de nossa cidade O motivo é que de um lado fica uma farmácia e do outro o correios, e certos motoristas irresponsáveis estacionam um carro em frente a farmácia e outro,  em frente ao correios interditando o fluxo da avenida Monsenhor José Tibúrcio, no centro de Guamaré.
Um fenômeno tem-se generalizado pelas mais diversas regiões e municípios do Rio Grande do Norte:
é a pluralidade de pré-candidatos a prefeito ou de prefeitos candidatos a reeleição em outubro próximo, não obstante a quebradeira quase geral das prefeituras.

O chororô é grande, mas o apetite para se chegar à Prefeitura, é ainda maior. A eterna polarização entre verde x encarnado, quase não existe mais. Mas a disputa não desapareceu. Como explicar tantas pré-candidaturas num cenário de terra arrasada? De antemão, o próprio desempenho sofrível dos atuais prefeitos, candidatos ou não à reeleição, instiga as pré-candidaturas adversárias.

Os potenciais contendores veem sinais de fragilidade suficiente para alimentar o sonho de chegar à Prefeitura. Sonhar, pode. Mas daí até chegar à vitória, há uma longa distância. Outro ângulo de análise, é que a pulverização de partidos tem facilitado a fermentação dessas postulações, fora do controle das lideranças mais tradicionais, do cabresto coronelista que sempre existiu.

Quanto mais cabras, mais cabritos. Já não temos mais lideranças como antes. O poder está escapando entre os dedos de muitos líderes políticos. É nesse cenário, com aprovação popular baixíssima, que muitos prefeitos arrimam um fio de esperança.

A esperança de nova vitória direta ou em apoio a um sucessor de sua confiança. Acreditam que o racha na oposição seja o suficiente para vencer. E na oposição, enquanto não “cair a ficha”, fica no ar a crença de que pode derrotar o prefeito, por esse estar com grande reprovação. Dividida, fracionada, a oposição pode ser presa fácil – mesmo para uma máquina pública depauperada e muito prefeito que tem a palavra como risco n’água.

veja a lista:
João Câmara- (VAVÁ)
Jandaira- (Beto Roque)
Macau- Einstein Barbosa
Galinhos- Josineide Medeiros
Pendencias- Ivan Padilha
Alto do Rodrigues- Abelardo Rodrigues
Pedro Avelino- Sergio Cadó
Afonso Bezerra- Jackson Batista
Caicó-Roberto Germano
Carnaubais- Junior Benevides
Mossoró- Francisco José Junior




O presidente da República interino Michel Temer
[PMDB], antes de completar 2 meses de mandato já amarga uma rejeição de 70% segundo o IPSOS.

O mesmo órgão de pesquisa, também aponta uma rejeição para a presidenta afastada Dilma - PT de 75%. A Lava Jato baniu a alta classe política do País, Lula, Aécio, Marina, Serra e Alckimin, tem rejeição superior a 50%.

São bem avaliados o ex-ministro Joaquim Barbosa e o Juiz Sergio Moro. Esta é a realidade do atual momento da conjuntura política brasileira, e qual será o reflexo desta realidade na campanha eleitoral municipal? Será que terá alguma influência? Será que o cenário apontará o sentimento de mudança?
Uma feira para o setor bancário lançou na semana passada em São Paulo um produto destinado a ter muito mercado em lugares como Síria, Faixa de Gaza e… Brasil. Trata-se de um caixa eletrônico a prova de bombas.

Ou, como promete a empresa que o fabrica, “resistente a ataques por explosão”. É uma evolução de um produto que já existe no mercado brasileiro — o caixa eletrônico que resiste a dinamite.
O pré-candidato a prefeito de Jandaíra, vereador Reginaldo Dantas (PSDB), dedicou o domingo (26) a visitas às comunidades rurais do município.
O parlamentar esteve em Tubibal e Trincheiras, onde conversou com a população sobre os atuais problemas da cidade e recebeu sugestões para resolver as dificuldades apresentadas.

“A falta de infraestrutura e de bons serviços em educação e saúde são sempre as maiores reclamações dos cidadãos mais humildes. Nós, do PSDB, temos a consciência de que a situação não pode continuar da forma como está. Recebemos algumas sugestões, vamos analisar e, no momento oportuno, discutir com a população”, disse o prefeitável Reginaldo.
Evaldo Freire:
Genivaldo Freire do Nascimento
nasceu em 28 de novembro de 1955 na cidade de Ipanguaçu,RN
leva inscrito na alma. Desiludido com o mundo, o meio musical, as relações estabelecidas entre ricos e pobres, ele leva para suas canções o drama que é ser ele mesmo:

já cantou a morte da mãe, as dores de ser deixado, a vingança de não mais querer quem ele amou e não o correspondeu.
Aqui, Evaldo fala sobre a expulsão de casa quando ainda era criança, o início da carreira, o sucesso que o levou a morar em hotéis de luxo e os fantasmas que ainda assombram sua estrada singular Evaldo Freire deveria estar feliz.

Tinha fechado um excelente contrato com uma gravadora de alcance nacional. Seus discos eram um sucesso: só o primeiro havia passado das 500 mil cópias, permitindo que ele pudesse experimentar o dourado título de ídolo popular. Deixou para trás o garoto invocado e pobre que morava em um acampamento cigano no Rio Grande do Norte para ser tratado como estrela no Rio de Janeiro.

Evaldo Freire deveria estar feliz, mas aí se viu fechado em uma pequena sala, um psicanalista sentado ao seu lado, o ar condicionado e a penumbra de lá dentro como antítese do sol forte de lá fora. 
"A Odeon pagou um médico para saber o que era aquela tristeza dentro de mim." 
O doutor que vivia na penumbra tentava em vão cavar aquilo o que o cantor, é claro, já conhecia.

Aquela tristeza diaba era um troço grande e multiforme, tentacular, esquisito, arrastado, refratário, indizível e adjetivável demais para ser formatado em 45 minutos de conversa. O sentimento monstro foi inaugurado precocemente. Evaldo tinha apenas 9 anos de idade quando foi mandado embora de casa. Morava com os pais e os seis irmãos na fazenda de um tio, em Ipanguaçu. 
O proprietário da casa não gostava dele e deixava isso claro.

Um dia, disse que o menino, filho de sua irmã, não poderia mais viver ali. A família se preparou para sair, mas a falta de dinheiro, de perspectiva e de coragem fez com que todos ficassem menos Evaldo. Maria de Jesus, sua mãe, tentou protegê-lo: recomendou-o para uma comunidade cigana, como ela, que vivia perto dali. Era uma forma de cuidar do menino, que foi morar em meio a uma lógica distinta:
o pai, o vaqueiro Eduardo, não compartilhava das práticas da mãe.

"Sou batizado na Assembleia de Deus. Minha família é cigana e evangélica."
Ri da própria declaração.
"É isso aí, cigana e evangélica. É difícil, viu?"

Continuou vendo Maria: ia até a fazenda todos os dias à tarde tomar a bênção. Ao mesmo tempo, se adequava ao dia a dia dos ciganos, aprendendo através da saudade ou da raiva, na verdade os dois sentimentos misturados, o significado de kachardin (triste), de kambulin (amor), de bata (mãe), de bato (pai). Foi nessa imersão e nessa vida na qual via pais e irmãos, de longe, seguindo como família, que ele moldou o troço tão adjetivável cujo rosto encararia mais tarde, na sala escura do psicanalista.

No acampamento, o violão era a maior companhia, ajudando-o a sedimentar uma tristeza que, repare, nunca foi silenciosa. Saía como voz, como nota, às vezes com a ajuda de um dose de ximbira (aguardente). Um dos irmãos criados sob os carinhos de Maria de Jesus e Eduardo um dia o viu tocar. Entendeu rápido:
"Você canta pedindo socorro".

Contou todas essas coisas envolvido pelo frio do ar condicionado, enquanto o sol forte estava lá fora. Contou também sobre quando foi embora. Tinha perto de 17 anos. Saiu do acampamento para o sétimo Batalhão de Engenharia de Combate, em Natal. No dia em que chegou, falando com um sotaque cigano, tão diferente, logo resolveram a questão.

"Você é comunista?",
perguntou um oficial de alta patente. 
Em meados dos anos 70, ou você era isso ou aquilo, mas Evaldo passou batido pela polarização política: sua singularidade consistia em ser um rapaz de cabelos encaracolados que trazia como bagagem um violão e uma tristeza grande e multiforme, tentacular, esquisita, arrastada, refratária, indizível e adjetivável demais para ser formatada dentro dele mesmo. Passou anos no batalhão.

Virou tenente. "O comandante me adotou como filho. Aí foi bom." Ainda sonhava em ser cantor. "Eu ficava pensando: um dia vou chegar perto desses cabras dos Fevers e vou falar com eles." Pediu baixa no quartel e novamente ficou só. O mercado musical de Recife o atraiu: 
foi parar na cidade, tentou conversar com alguém da gravadora Rozemblit, então responsável pela metade do que era lançado no mercado nordestino.

Foi barrado por um guarda. "Achavam que eu era doido. Pensavam: " Mas um cara desses, cigano e pobre, vai ser artista?" Resolveu gravar uma fita cassete, voz e violão. Mandou para a EMI Odeon. A gravadora, dona do selo Jangada, voltado para artistas populares românticos, chamou o rapaz para conversar. Evaldo viu seu discurso do cigano pobre que não faz sucesso desaparecer quando, em 1979, recebeu o convite para gravar um disco.

"Ganhei tanto dinheiro que achei que não precisava mais gravar nada, podia parar por ali."
O primeiro álbum demorou quase um ano para sair. Durante esse tempo, o cantor ia todos os dias ao escritório local da empresa, na Conde da Boa Vista, na expectativa de ver seu rosto impresso na capa de um vinil. Um dia, passando na frente de uma das lojas de discos A Modinha, ouviu sua voz. Um Evaldo ineditamente feliz escutava um Evaldo triste cantar:

"Eu lhe vi sentada, muito alegre/Na mesa de um cabaré/Senti a dor, no meu peito bateu/De lembrar que você/Já foi minha mulher."

Era a música A dor de uma paixão, carro-chefe do disco homônimo. "Tocou muito, muito, demais. Tocou tanto que eu tive até raiva." Estava com 23 anos. Fez shows, vendeu mais discos, lançou outros (Em busca do teu carinho, 1981, Volte, cigana, 1982, Minha gratidão, 1983).
A gravadora, feliz com o sucesso do moço de cabelos encaracolados, a voz tão aflita, o mandou para um hotel cinco estrelas carioca. Ficou dois anos no Rio.

A tristeza diaba que levou consigo passou a contrastar terrivelmente com a nova vida, o dinheiro, o sucesso, o assédio, o uísque caro, o serviço de quarto, a comida boa, os amigos. Evaldo, sem conseguir dar conta do sentimento monstro, ia se fechando. Foi enviado para a sala da penumbra e do ar refrigerado. Entre os colegas cantores, virou o desvairado, o esquisito, o doido.

Só que ninguém o nomeou daquilo o que ele era e até hoje é: um homem assombrado. Voltado cada vez mais para si, continuou gravando (Outro amor, 1984, Não te esquecerei, 1985, Foi por amor, 1986).
No começo dos anos 90, encerrou a longa relação com a Odeon e iniciou outra, mais curta (dois discos) com a RGE. Voltou a morar no Nordeste, desta vez no litoral norte pernambucano.

Uma ampla casa a menos de um quilômetro do mar é o local escolhido para viver com os dois filhos e a mulher, Luciene. Ao lado dela, viaja para shows frequentes em cidades do Norte do País, como Rio Branco, Sena Madureira e Esperança. 

Vai para tão longe porque, ao contrário daqui, ali lhe pagam bem um show sai por, em média, R$ 7 mil. Nas apresentações, o violão que tanto carregou deu lugar a um teclado. As cordas, diz, trazem com demasiada força aquilo o que constantemente o assusta.

"Quando ele dizia: 
"Nem marque show para mim", 
eu já sabia que ele ia sumir. Passava dias fora, bebendo, na estrada", conta Luciene. 
" É comum, quando chove à noite, vê-lo na varanda, olhando o mar. 

Em Guamaré existe parlamentares que ainda não sabe qual é, a verdadeira função legislativa e não consiste em elaborar as leis que são de competência do Município, só trabalham em desunião quando o assunto é verdadeiramente discutir e votar os projetos que serão transformados em Leis e buscam organizar e melhorar a vida da comunidade.

Pelas informações que colhemos até esse momento, existe vereadores em nossa cidade que não possuem o mínimo de conhecimento do que foi discutido e aprovado para ser deliberado durante essa legislatura.
No município de Guamaré, o que se ver é vereadores querendo ser prefeito ou vice respectivamente.
(inclusive os vereadores de oposição que já se posicionaram).
O massacre era visível nas arquibancadas: para cada 10 flamenguistas, um tricolor.
O primeiro tempo foi um rolo compressor do Flamengo sobre o Fluminense. O tricolor mais parecia um sparring, apanhando taticamente e fazendo jogadas bizarras em direção às laterais do campo.

Sobrenatural de Almeida, um torcedor do além, estava em campo para evitar que as bolas do ataque do Flamengo entrassem na meta do Fluminense. Fim do primeiro tempo, intervalo e o próprio Sobrenatural encarnou em Levir Culpi, treinador do Flu, para mudar o estilo de jogo, exigir sangue e atitude daqueles jogadores que mais pareciam bêbados em campo no primeiro tempo. Deu resultado:
aos três minutos, a torcida rubro-negra viu, calada, o primeiro gol do Flu. O mais chato: um gol contra, que foi a primeira bizarrice da defesa flamenguista. O Flu retribuiu a a gentileza com outra: Gum, zagueiro tricolor, deu excelente passe para Guerreiro que, de cabeça, deixou tudo igual. Já perto do fim, novamente Sobrenatural de Almeida se fez presente: ao tentar atrasar uma bola pra Muralha, o zagueiro rubro deu um passe para Richarlison que cortou o goleiro e tocou para as redes.

Deve ter sido o nosso fantasma que segurou aquela bola... Os pouco mais de 2 mil tricolores presentes à Arena das Dunas entraram em êxtase. Sobrenatural ainda evitou, no último minuto, o gol de empate. Só faltou um gol de barriga pra rememorar aquele do título de 21 anos atrás. Assim, o Fluminense, completamente desacreditado, fez o que parecia impossível:
conquistou uma vitória contra o seu maior rival, calando a massa rubro-negra que dava de 10 a 1 na torcida tricolor. A acendeu a chama de novo 'pois quem espera sempre alcança', como diz o nosso hino. Que venha o São Paulo quarta-feira, o nosso freguês mais cativo.
Existe um antigo provérbio, que diz:
“Sempre Há vento favorável para aquele que sabe pra onde vai”.

A combinação de ventos fortes, e a vontade de fazer, torna favorável ao empreendedorismo isso trás um  resultado de políticas adotadas pelo município para estimular a criação de novas habitação e fortalecer a moradia de pequeno porte no Maior distrito da cidade.

Esse conjunto habitacional construído pela prefeitura tem uma posição privilegiada, com isso prova que 
As forças do vento tem provado que as obras de infra-estrutura também  tem chegado com forças nos municípios, quando se trata de empreender.
Na cruzada de novas gerações vindouras e na tarefa de construção do futuro melhor.

 



Em um palco diferente, Flamengo e Fluminense se enfrentam neste domingo, às 16 horas, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Fla-Flu será na Arena das Dunas, em Natal (RN).
Na quarta colocação, o Rubro-Negro precisa da vitória para se manter no G4, enquanto o Tricolor busca uma aproximação.
A Agencia Nacional de Petróleo divulgou nesta sexta-feira (24), a relação dos municípios que recebem royalties oriundos da exploração de petróleo e gás em solo potiguar

Os municípios de Macau, Guamaré e Mossoró lideram o ranking neste mês, onde os valores tiveram um aumento e um declínio substancial em relação ao mês de Maio/2016. Confira a relação dos 10 principais municípios beneficiados.


É comum ouvirmos, durante visitas pelo nosso município que o nosso gestor vem tornando-se o mais promissor dos últimos tempos em termos de investimentos.
O equilíbrio das finanças que ele conseguiu durante esses três anos transformou nosso município em um canteiro de obras com sustentabilidade, sabemos que Quando um gestor é responsável por uma série de transformações significativas e se dedica com afinco ao trabalho, esperamos obter resultados positivos e, consequentemente, ser reconhecidos por isso.
Os sinais de reconhecimento, vem através da gratidão de um povo que muitos pensam, e coloca em prática as suas ações É fundamental que a população entendam que a expectativa gerada é nada mais do que o combustível para que o ser humano melhore,  sua vida e atinja novos objetivos e evolua. 
A busca por condições de vida mais confortáveis acabou trilhando o desenvolvimento e mudando a vida de várias pessoas do município que marcam a história humana.
Nesse percurso, podemos destacar que a mais recente preocupação desse gestor, é fazer uma população feliz e realizada, ter a confiança do povo e a missão do dever comprido.

Resultado de imagem para Redes sociais na  campanha política 2016
As redes sociais estão no topo do planejamento de marketing de muitos candidatos em 2016. Mas, será que os candidatos e suas equipes estão preparados para enfrentar esse desafio? Por isso, o Seminário Eleja-se, que será realizado no próximo dia 2 de julho, no Holliday Inn Arena das Dunas traz o consultor, Planner, Estrategista e Professor de mídias digitais, Glebe Duarte.

Ele apresentará a palestra “Midias Digitais: Aprenda as estratégias para vencer uma campanha. Como usar Facebook, Instagram e Whattsapp!”. As inscrições para o evento estão abertas e podem ser feitas no site: www.resultadosja.com. As vagas são limitadas.

SEMINÁRIO ELEJA-SE No Seminário Eleja-Se, os participantes viverão experiência enriquecedora aprendendo sobre principais áreas da campanha eleitoral. Será um treinamento intensivo com 14 experientes profissionais, que compartilharão seus conhecimentos. Além do direito, os participantes aprenderão sobre o melhor, marketing, pesquisa e contabilidade eleitorais na visão de profissionais e autoridades que vivem este dia a dia.

O evento é voltado para advogados, magistrados, servidores públicos, jornalistas, publicitários, estatísticos, contadores, políticos com ou sem mandato, assessores, prefeitos, vereadores, pré-candidatos, estudantes, professores e demais profissionais que buscam conhecimento para aplicar nas campanhas e até no exercício das funções. É imperdível àqueles que disputarão a eleição em 2016.
A Marinha do Brasil alerta aos navegantes do litoral do Rio Grande do Norte sobre a previsão de ressaca com ondas de mais de 2 metros que poderá ocorrer a partir desta quinta-feira e estenderá até 12hs da sexta-feira.

O aviso abrange área litorânea entre as cidades de Maceió (AL) e Touros (RN). A Capitania dos Portos recomenda que as embarcações de pequeno porte evitem navegar no mar nestes dias e que as demais embarcações redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores e casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de seguranç
O equilíbrio das finanças públicas com o planejamento tem garantido benefícios aos servidores do município de Guamaré que recebem nesta quinta-feira, 23, o salário de junho, acrescido da primeira parcela do 13º salário, que por lei pode ser pago pelas prefeituras até o dia 30 de novembro.

A valorização do servidor municipal em Guamaré acontece no momento em que o município atravessa uma crise com a frustração de receitas e mesmo assim, a prefeitura não tem recuado nos investimentos planejados para a educação, saúde, infraestrutura e outras áreas importantes.

A antecipação dos salários de junho com a primeira parcela do 13º salário chega numa boa hora e vai fomentar a economia do município. “Atravessamos a crise sem abrir mão de compromissos, porque contamos com uma equipe comprometida com resultados e que trabalha a partir de um planejamento estratégico, de forma que as quedas de arrecadação não afetem as metas traçadas”, disse o prefeito Hélio Miranda.

Com a reforma eleitoral, mudou também o prazo de desincompatibilização do servidor público, seja ele municipal, estadual e federal.

É necessário se desvincular das suas funções até o dia 02 de julho, portanto três meses antes do pleito eleitoral.
Para isso, o servidor entregará com requerimento junto ao seu órgão de origem, juntando a declaração do partido de que ele é pré-candidato a cargo eletivo.

No caso dos comissionados, o afastamento já foi efetivado. Em tempo:
Eleito ou derrotado no dia 02 outubro, no dia seguinte  esse servidor terá que retornar às suas funções.

A Secretaria Municipal de Administração esta organizando o Concurso Público da Prefeitura de Guamaré, que deve ser realizado ainda nesse ano 2016. Os trabalhos já foram iniciados pela comissão que esta sendo formada pela Secretaria de Administração, Elizabete Queiroz, Chefe do RH, Ricardo Carter e um representante da assessoria jurídica do município.

O concurso vai contemplar todas as secretarias com cargos nas diversas áreas, como Saúde, Educação, Assistência Social e a Administração em geral, nos três níveis: básico, médio e superior. Para a Secretaria de Administração, Elizabete Queiroz, o concurso é de grande importância para consolidar ainda mais a gestão do Prefeito Hélio Miranda, dando respaldo à administração e ao funcionamento dos diversos setores do governo municipal.
Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mantiveram por unanimidade, na sessão desta noite (21), a cassação dos mandatos do prefeito e da vice-prefeita de Pedro Avelino (RN), Sérgio Eduardo Teodoro e Marina Teodoro da Trindade, por divulgação de pesquisa eleitoral manipulada em programas de campanha, descumprindo ordem judicial contrária.

Ao manter as cassações, o relator do recurso do prefeito e da vice, ministro Herman Benjamin, afirmou que a divulgação da pesquisa manipulada, a duas semanas das eleições de 2012 e por quatro vezes em programas de campanha, “foi feita em desobediência à ordem judicial”. “Esse, para mim, é o fato mais grave de todos [no episódio]”, acrescentou o ministro.

Segundo o relator, a gravidade da conduta dos candidatos “é inequívoca” diante de quatro fatores. São eles: a importância das pesquisas eleitorais como meio para influenciar a vontade do eleitorado, a manipulação indevida e proposital da pesquisa, a diferença de apenas 327 votos (5,8%, contra 22% que indicava a pesquisa) que houve entre o candidato eleito e o segundo colocado, e, finalmente, a divulgação da pesquisa fraudulenta em programa eleitoral, por quatro vezes, desrespeitando decisão judicial.

“Dois fatos aqui são muito relevantes. O problema da manipulação da pesquisa, a fraude em si, e o descumprimento da decisão judicial“, afirmou o ministro Luiz Fux ao acompanhar o voto do relator.

A votação teve o placar de 7 a 0. Agora o presidente da Câmara Municipal, vereador Ostílio Bezerra assumirá o Executivo, e, o vereador Rômulo Figueredo, a presidência da Casa.
O eleitorado de Guamaré teve um crescimento neste ano no comparativo às últimas eleições municipais de 2012. Dados do TSE mostram que o eleitorado era de 11.866 eleitores.

Já em 2016, de acordo com número divulgado, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o eleitorado subiu para 13.235 eleitores o aumento do colégio eleitoral na cidade foi considerado alto,
cerca de 1.369 a mais que em outubro de 2012, mês das últimas eleições municipais. 

A pré-candidatura à prefeita Franklyleide (PMDB) e o vice-prefeito Lagerdie (PSDB) formam a chapa apoiada pelo prefeito Titico.
“Vamos juntos para mais uma vitória, contamos com os esforços de todos para manter Porto do Mangue no caminho do desenvolvimento!” destacou.

Em seguida, a prefeitável, pré-candidata Fanfan, recebeu o carinho do povão, tendo o seu nome ovacionado em coro:

“Fanfan, tô com Fanfan!!!“, 
ao dar inicio, em suas rápidas palavras disse estar feliz por receber o apoio:
“Amigos e amigas, estou muito feliz por este dia e quero dizer a vocês que assim como Davi foi escolhido por Deus para derrubar o gigante Golias, somos nós, Deus escolheu cada um de vocês para junto a mim, derrubar os gigantes.“
A direção do SINTE/RN foi informada por parte da Secretaria de Estado do Planejamento de que a antecipação dos 40% do décimo terceiro dos servidores do Estado não será efetuada neste mês de junho como vinha ocorrendo nos últimos anos.

De acordo com a diretora de assuntos jurídicos do SINTE/RN, professora Vera Messias, o governo confirmou que não tem previsão de antecipação. Por enquanto, o governo apenas informa que o pagamento será efetuado até o mês de dezembro, prazo final determinado pela lei.

Embora não pagar o décimo no meio do ano não desrespeite a lei, a diretora reforça que os(as) trabalhadores(as) em educação e os servidores de todas as áreas do funcionalismo do Rio Grande do Norte serão prejudicados com a medida.
“Os(as) professores já contavam com este dinheiro. Mas vamos continuar cobrando politicamente, uma vez que juridicamente estamos sem proteção”, finalizou a diretora Vera Messias.
Virou regra em ano eleitoral os detentores de mandato eletivo não trabalhar, embora bem pagos pelo bolso do contribuinte e sem abrir mão dos salários neste período de "férias". Não deveria ser assim, mas é.

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, muito provavelmente, vai oferecer um cenário desalentador neste ano, embora as eleições sejam municipais.
Dois terços da Casa se envolverão nas disputas, seja como candidatos ou apoiando familiares.

O nosso Blog listou 16 parlamentares que já estão envolvidos no processo eleitoral. Veja:
M?rcia Maia deputado estadual do PSB RN
Márcia Maia (PSDB). É pré-candidata a prefeita de Natal. Se não vingar, se envolverá na campanha da ex-governadora e vice-prefeita da capital, Wilma de Faria (PT do B), à Câmara Municipal. 
Hermano Morais
Hermano Morais (PMDB). É um dos nomes do partido para compor chapa com o prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), na condição de vice. 
?lvaro Dias 10
Álvaro Dias (PMDB). Também está envolvido no processo de escolha de vice de Carlos Eduardo, pleiteando a vaga de vice.
Mineiro - deputado do PT
Fernando Mineiro (PT). Disputará a Prefeitura de Natal outra vez.
Jac? J?come
Jacó Jácome (PSD). É o candidato do governador Robinson Faria (PSD) à Prefeitura de Natal.
Kelps Lima
Kelps Lima (SDD). Já se lançou candidato a prefeito de Natal em linha própria. Vai se dedicar ao projeto como via alternativa.
Carlos Augusto Maia
Carlos Augusto Maia (PSD). Disputará a Prefeitura de Parnamirim com apoio de Robinson Faria.
Get?lio-R?go-imagem-tribunadonorte.com_.br_
Getúlio Rêgo (DEM). Oferecerá dedicação exclusiva à campanha do seu filho Leonardo Rêgo (DEM), que tentará voltar à Prefeitura de Pau dos Ferros.
Nelter-Queiroz-WR-1024x682
Nélter Queiroz (PMDB). Será o condutor da campanha do filho prefeito de Jucurutu, George Queiroz (PMDB), candidato à reeleição.
George-Soares2
George Soares (PR). Tem a missão de eleger o irmão Gustavo Soares (PR) prefeito de Assú.
cristiane dantas
Cristiane Dantas (PC do B). Vai se dedicar à campanha no município de São José do Mipibu, que tem o seu sogro Arlindo Dantas como candidato.
souza deputado estadual
Manoel da Cunha Neto, “Souza” (PHS). A campanha exigirá bastante, porque ele vai conduzir a campanha do primo prefeito de Tibau, Naldinho (PSD), e de um nome de sua casa à Prefeitura de Areia Branca.
Ricardo Motta
Ricardo Motta (PSB). Vai se ocupar com a campanha de Natal, com a provável candidatura do filho deputado federal Rafael Motta (PSB).
Galeno Torquato
Galeno Torquato (PSD). Vai travar uma luta complicada para retomar a Prefeitura de São Miguel, apoiando a candidatura do irmão José Gaudêncio.
tomba
Tomba Faria (PSB). É o condutor da carreira política da esposa Fernanda Costa (PMDB), prefeita de Santa Cruz do Inharé e candidata à reeleição.
Jos? Ad?cio deputado
José Adécio (DEM). A esposa Neide Sueli disputará a Prefeitura de Pedro Avelino, com a sua dedicação.