Mostrando postagens classificadas por data para a consulta política. Classificar por relevância Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por data para a consulta política. Classificar por relevância Mostrar todas as postagens
Quinta-feira de intensa movimentação política em Macau com o rompimento do vice-prefeito Rodrigo Aladim com o prefeito Túlio. O anúncio foi feito durante pronunciamento de Rodrigo.

Houve perda também na bancada da situação com a saída de dois vereadores: Marcos Cabral e Carlinhos do Valadão. Com isso, o prefeito perde maioria na Câmara, só restando agora cinco vereadores a seu favor.

As alegações foram de falta de compromisso, falta de caráter até a situação atual em que se encontra a gestão do prefeito que se tornou o mais impopular aos olhos do povo.

Rodrigo Aladim (SD) foi o primeiro a anunciar sua saída onde disse que já não aguentava mais os desmandos de um prefeito para com a sua população tão sofrida. Logo após, o vereador Carlinhos do Valadão (PRB), que antes era o líder do governo na CMM também partiu para a oposição que agora conta com oito vereadores ao seu favor junto ao vereador Marcos Cabral (SOLIDARIEDADE).
A vereadora Diva Araújo, deixa bancada de oposição e passa a integrar base do prefeito Hélio Miranda. A vereadora Diva Araújo, não faz mais parte da bancada de oposição na Câmara de Vereadores de Guamaré.

O anúncio foi feito pela a parlamentar, no começo da tarde desta terça-feira (06).
Com isso, Diva passa a integrar à base política do Prefeito, na Câmara Municipal.

“Essa decisão foi muito bem pensada por mim, junto as lideranças políticas e de minha família. Com essa decisão, eu acredito que poderei defender melhor os interesses da população de Guamaré” - afirmou.

Não tenham dúvidas que seguirei empenhada em realizar junto com o prefeito mais um mandato ao lado do povo, propondo indicações e projetos de lei que beneficiem o município.

“A responsabilidade de estar no cargo é muito grande, mas com a proteção de Deus e o apoio de vocês, sei que posso muito e podemos ajudar a construir uma Guamaré melhor para todos” – finalizou a parlamentar.

Com o desembarque de Diva no grupo da situação, a relação com o Legislativo deve se manter ainda mais harmoniosa pelo executivo municipal. Atualmente dos 9 vereadores que compõem a câmara municipal de Guamaré, 5 faz parte da bancada do governo na Câmara Municipal. 
Faça a sua análise da conturbada história politica brasileira, infelizmente quase não ensinada nas escolas do Brasil. Tivemos 13 presidentes da República, que não concluíram os seus mandatos.

01-Deodoro da Fonseca - 1.891;
02-Afonso Pena - 1.909;
03-Rodrigues Alves - 1.908;
04-Washington Luiz - 1.918;
05-Júlio Preste - 1.930;
06-Getúlio Vargas - 1.945 e 1.954;
07-Carlos Luz - 1.955;
08-Jânio Quadros - 1.961;
09-João Goulart - 1.964;
10-Costa e Silva - 1.960;
11-Tancredo Neves - 1.985;
12-Fernando Collor - 1.992; e
13-Dilma Russeff -2016.

Tivemos 30 presidentes da Repúblicas não eleitos diretamente pelo povo popular.
01-Deodoro da Fonseca - 1.889;
02-Floriano Peixoto - 1.891;
03-Prudente de Morais - 1.894;
04-Campos Sales - 1.898;
05-Rodrigues Alves - 1.902;
06-Afonso Pena - 1.906;
07-Nilo Peçanha - 1.909;
08-Fonseca - 1.910;
09-Venceslau - 1.914;
10-Rodrigues Alves - 1.918;
11-Delfim Moreira - 1.918;
12-Epitácio Pessoa - 1.919;
13-Arthur - 1922;
14-Washington Luiz - 1.926;
15-Júlio Prestes - 1.930;
16-Getúlio Vargas - 1.930;
17-José Linhares - 1.945;
18-Café Filho - 1.954;
19-Carlos Luz - 1.955;
20-Nereu Ramos - 1.955;
21-Ranieri Mazilli - 1.961;
22-João Goulart - 1.961;
23-Castelo Branco - 1.964;
24-Médici - 1.969;
25-Geisel - 1.974;
26-João Figueiredo - 1.979;
27-Tancredo Neves - 1.985;
28-José Sarney - 1.985;
29-Itamar Franco 1.992;
30-Michel Temer - 2.016.

Tivemos o Congresso Nacional fechado por 6 vezes:
1.891 - 1.930 - 1934 - 1.937 - 1.946 - 1.918 - 1.966  - 1.969 - 1.977.

Tivemos 10 golpes de Estado: 1.889 - 1.930 - 1.934 - 1.937 - 1.945 - 1.955 - 1.964 - 1.985 - 2.016.
Esse é o resumo do autoritarismo e conturbada política administrativa do Brasil República.
A senadora Fátima Bezerra(PT) desembarcou do palanque que venceu as eleições em 2014 deixando para trás o discurso em favor do RN. nos últimos três anos a senadora do PT utiliza um discurso para o RN e outro discurso para o restante do país.

Em entrevista concedida para um programa jornalístico da capital recentemente, Fátima Bezerra disse que se afastou do governo Robinson Faria(PSD) porque segue a orientação do PT, e que o governador se aliou ao “governo de Michel Temer“.

Sobre o pacato de medidas adotadas pelo governo estadual para equilibrar as contas públicas Fátima considera abusivo o aumento na alíquota da previdência proposta pelo governo do RN, porém esquece que nos estados governados pelo PT, a exemplo do Ceará, Piauí, Bahia, e do Acre, as alíquotas previdenciárias foram elevadas ao patamar de 13% e 14% respectivamente.

No plano nacional a senadora do PT potiguar também parece fazer a política do momento. Fátima diz que “esse governo não tem autoridade nenhuma para falar de déficit fiscal, tampouco para promover uma reforma previdenciária tão radical que, na prática, se chegasse a ser aprovada, iria sepultar o sagrado direito à aposentadoria de milhares de trabalhadores brasileiros. Especialmente dos trabalhadores mais pobres, com baixa expectativa de vida”.

Basta mergulhar um pouco no passado recente da política do RN para termos elementos que comprovam o discurso de momento da senadora Fátima Bezerra . Com a chamada “Fátima votou a favor da reforma da Previdência por um imperativo de disciplina partidária”, no ano de 2003 um veículo de comunicação do RN noticiou que antes de votar a Proposta de Emenda à Constituição da reforma da Previdência Social a então deputada federal Fátima Bezerra, juntamente com outros 23 deputados do PT, apresentaram uma declaração de voto ao plenário da Câmara Federal, justificando porque votaram a favor da proposta, mesmo reconhecendo que a citada reforma apresentava perdas para os servidores de menores salários, conforme ilustração acima.

NOTA DE APOIO E SOLIDARIEDADE AO PREFEITO DE MACAU-RN

Nós, vereadores deste município, tornamos pública a irrestrita solidariedade e o apoio ao Prefeito Constitucional de Macau, o Senhor Túlio Bezerra Lemos, pela forma como vem acontecendo ataques em redes sociais, especialmente por parte daqueles que são nutridos pelo ódio e dessa forma, alicerçam projetos pessoais, a serviço de grupos da oposição. 

Reafirmamos o nosso mais veemente repúdio às repetidas ações que, claramente, estão fincadas em tentativas de confronto entre o Chefe do Executivo municipal e a população macauense. Observa-se em alguns casos, atitudes de perseguição que ultrapassando os limites da liberdade de expressão, visam apenas lançar factoides perante à opinião pública, desviando o foco dos debates para os problemas que a sociedade macauense ora enfrenta.

Respeitar os contrários e um dever de todo cidadão, dos que aceitam ou não a soberania do voto popular, livre e democrático. Reconhecemos o esforço do prefeito Túlio Lemos para acertar e colocar Macau nos trilhos do desenvolvimento, mesmo diante dos equívocos administrativos assumidos claramente por ele e sua equipe, perante a opinião pública, nesse período de pouco mais de um ano à frente da gestão municipal.

Macau necessita de uma união nesse momento de crise financeira e administrativa, onde a condução política passe a ser pautada apenas por temas que necessitam ser esmiuçados nos debates públicos, preservando a essência da representação da sociedade pelos mandatos populares de prefeito, vice-prefeito e vereadores.

O Senhor Prefeito Túlio Lemos, cuja biografia tem se mostrado íntegra, merece nosso apoio e a nossa solidariedade, diante de tais atitudes censuráveis pelos cidadãos de bem de nossa cidade. Essa insidiosa e reprovável prática merece nosso total repúdio, ao mesmo tempo em que, conclamamos às instituições a manterem-se nos limites do Estado Democrático de Direito.

Por fim, uma satisfação aos servidores públicos municipais. É importante destacar que nós vereadores reconhecemos que as reivindicações dos direitos adquiridos e da reposição de salários atrasados é legítima e recebem o nosso apoio irrestrito.

A nossa disposição é de buscar alternativas, juntamente com o Poder Executivo para resolver todos os problemas da cidade, cobrando, especialmente, o compromisso do prefeito Túlio Lemos com todas as categorias de servidores públicos. Nos mantemos firmes e ao lado do povo, dispostos a debater todos os assuntos, desde que as reivindicações sejam pautadas na legalidade e no respeito mútuo e atendam o interesse coletivo dos munícipes.

Macau, 10 de janeiro de 2018

ASSINAM ESTA NOTA DE SOLIDARIEDADE OS VEREADORES:
Carlinhos do Valadão
Ceição de Negola
Marcos Cabral
Ceição Lins
Dinarte Alessandro
Sargento Dantas
Lampião e Oscar Paulino.
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Em relação ao acidente ocorrido nesta terça-feira (2 de janeiro) na estrada entre Guamaré e a comunidade de Baixa do Meio, no Rio Grande do Norte, a empresa informa que o caminhão-tanque envolvido pertence a um posto revendedor de combustíveis da rede ALE, localizado na cidade de Extremoz, e que tem administração própria.

O empresário, que possui seguro contratado com a distribuidora ALE, está recebendo o suporte necessário para o manuseio da carga e processo de remediação ambiental. O órgão ambiental estadual também foi acionado e deslocou uma equipe para prestar atendimento e avaliar os impactos.

A companhia ressalta que possui rigorosa política de saúde, segurança e meio ambiente e está disponível para apoiar o revendedor no tratamento de eventuais consequências do acidente.

Belo Horizonte 4 de janeiro de 2018

Atenciosamente,
AleSat Combustíveis S/A
A cidade de Guamaré está até agora sem entender como alguém pode inventar uma mentira e transformar em notícia um fato que não existe

No emaranhado das discussões atuais relativas à decisão do TSE Gosto de imaginar a História como uma velha e pachorrenta senhora que tem o que nenhum de nós tem: tempo para pensar nas coisas e para julgar o que aconteceu com sabedoria — bem, com a sabedoria das velhas senhoras. Nós vivemos atrás de um contexto maior que explique tudo o que está acontecendo em nosso município.

Essa comunicação é motivada por ausência de cabimento jurídico para trocar o chefe do executivo sem uma ordem expressa da justiça, para os vereadores a única providência que pode ser tomada pela Câmara é esperar a ordem expressa, ou caso contrário, ocorrerá a expressa vontade do presidente da câmara em ser prefeito, o que seria ultrajante permitir a ida do presidente da câmara ao poder por sua vontade, e não por ordem judicial induvidosa.

Caso o presidente promova esse ato ilegal e sem validade jurídica, será manejado pedido judicial contra essa ilegalidade, inclusive os vereadores vão comunicar a rede bancária que o ato é ilegal e sem validade, caso ocorra esse psicotrópico jurídico que enfraquecerá a legitimidade do presidente de continuar a frente do poder legislativo.

A política de Guamaré não é feita só de confronto de ideias, de projetos políticos e de leituras diferentes de nossa situação de crise que não só nossa mas do mundo. É algo mais perverso: é a vontade de destruir aquilo que Deus e o povo constitui.

O que vem acontecendo nos últimos dias em nossa cidade são pessoas querendo o poder a todo custo mais sabemos que isso não passa de ilusões, o fato é que o presidente do poder legislativo Guamaréense inconformado sentindo ainda o gostinho do poder que já usufrui em tempos anteriores dado de mãos beijada por Hélio de Mundinho, fica nos bastidores da oposição querendo passar por cima de tudo e de todos, sem respeitar os princípios da lei, a vontade do presidente do legislativo Guamaéense, é de liquidar o prefeito Hélio eleito pelo voto popular e colocá-lo contra o povo mas isso eles não vai conseguir.

Toda essa peleja não deveria existir, caso o presidente da câmara não estivesse visivelmente sedento pelo poder.


Especialistas alertam para possíveis tragédias, mas afirmam que 2018 será melhor que 2017. Astrólogo João Bidu, sensitiva Márcia Fernandes e cartomante Sara Zaad falam sobre política, celebridades e Copa do Mundo Para quem achou 2017 caótico, uma boa notícia: videntes afirmam que 2018 será melhor. O ano será propício para os setores ligados ao comércio, a economia no país deve estabilizar e o estado do Rio pode sair da crise. No entanto, nem tudo será perfeito. Entrevistados pelo DIA, a sensitiva Márcia Fernandes, o astrólogo João Bidu e a cartomante Sara Zaad preveem tragédias e dificuldade do Brasil em vencer a Copa do Mundo.

Eles também comentaram sobre as eleições e o futuro das celebridades. Entrevistados pelo DIA, a sensitiva Márcia Fernandes, o astrólogo João Bidu e a cartomante Sara Zaad preveem tragédias e dificuldade do Brasil em vencer a Copa do Mundo. Maíra Coelho / Agência O Dia (João Bidu) e Divulgação (Márcia e Sara)

O ANO 2018
João Bidu: Júpiter é o planeta da prosperidade e, no horóscopo solar, o Brasil vai ocupar a 3ª Casa Astral, que é um setor de boas energias. Para o comércio, as perspectivas são muito boas. Não só no âmbito interno, mas especialmente nas parcerias que podem ser feitas com outros países, inclusive com os nossos vizinhos. Setores ligados à farmácia, química, pesquisas, mercado de ações, seguros, refrigeração, serviços de esgoto e limpeza receberão ótimas influências. Educação, meios de comunicação e viagens também devem ter um ano próspero.

Márcia Fernandes: 2018 será um ano bom. Com muita falcatrua na política ainda, infelizmente. Mas muita gente vai ser presa. Vai ser um ano de Justiça. As pessoas que fazem o mal vão ter que pagar. Vai ter um epidemia nova no mundo e a cura de outra epidemia. Vai ter muita morte súbita, a maioria [das pessoas] vai ter infarto. Um ano de muita mulher grávida. Vai ter uma melhora ‘de dinheiro’ no segundo semestre. O pré-sal vai ter em alta. É um ano de muito maremoto.

Sara Zaad: Em 2018 haverá avanços tecnológicos, que vão trazer vacinas e curas de várias doenças. Será um avanço superior aos últimos dez anos. Vamos ter uma descoberta bombástica a respeito de um juiz, que vai trazer grande comoção e revolta no país. Em questões mundiais, vejo grandes alianças sendo feitas em prol da paz. O extremismo continua. No próximo ano, uma grande revolução unindo vários países começará a dar fim em questões como guerra e terrorismo.

ELEIÇÕES
João Bidu: Esta pergunta remete diretamente ao ex-presidente Lula. Júpiter, planeta da sorte, está no signo dele, trazendo luz e sorte. No entanto, de 10 de março a 10 de julho, Júpiter estará em movimento retrógrado, indicando muitos aborrecimentos com assuntos judiciais. Mas os escorpianos Geraldo Alckmin e Ciro Gomes também podem enfrentar os seus perrengues. O que parece bem claro é que as chances de vitória do ariano Jair Bolsonaro são muito reduzidas, pois Júpiter está justamente em sua 8ª Casa Astral, sempre sinal de perdas. Se Lula vencer os obstáculos com a Justiça, pode vencer, pois a partir de 10 de julho Júpiter volta ao seu movimento normal.

Márcia Fernandes: Ainda não sabemos os candidatos, então não dá para saber qual vai ser o próximo presidente. É um ano indicado para Jair Bolsonaro, mas não afirmo.

Sara Zaad: Lula fará alianças com a direita. O ex-presidente pode trocar ou se aliar a outro partido, e tem chances de ser eleito. Ele jogará as cartas na mesa, falará tudo o que tem a dizer, principalmente sobre alguns políticos, entre eles Bolsonaro. Lula seria eleito, mas outros nomes vão surgir. Uma mulher ligada intimamente ao deputado Jair Bolsonaro fará revelações sobre o temperamento do deputado que, na verdade, é bem diferente do que ele passa para seus eleitores.

CRISE NO ESTADO(RJ)
João Bidu: O Rio é de Peixes, um dos signos mais iluminados de 2018. Júpiter promete trazer mais turistas, recursos de fora, inclusive do exterior. Urano em Touro tem tudo para trazer ideias novas e revolucionárias para melhorar o relacionamento das pessoas, com reflexos no setor financeiro. Saturno em Capricórnio indica sucesso em eventos sociais e atração de grandes empresas. Se depender dos astros, 2018 tem tudo para ser o ano da redenção do estado do Rio. Pezão é de Áries, 29 de março. Com Júpiter na sua 8ª Casa Astral e ainda retrógrado de março a julho, o governador pode sofrer grandes revezes, problemas com a saúde, sendo muito grande a chance de ele deixar o governo.

Márcia Fernandes: A crise no estado só melhora. A situação de [Luiz Fernando] Pezão é péssima, muito ruim para ele. Vejo muita Justiça sendo feita. Para ele vai ser péssimo. O estado começa a melhorar a partir de agosto.

Sara Zaad: Pezão será incriminado em vários casos e terá um mandado de prisão expedido. No entanto, ele conseguirá ficar em prisão domiciliar. Muitos empresários, políticos e outros nomes conhecidos no Rio serão uma surpresa para o Brasil em termos de grandes desvios e roubos do dinheiro público. No estado, a situação econômica só tende a piorar. Greves, paralisações e manifestações serão comuns em 2018.

CELEBRIDADES
Fátima Bernardes. João Bidu: Virginiana do 3º decanato, ela “escapou” de um escorpiano [William Bonner] e caiu nas “garras” de outro. Júpiter pode dar uma força legal para o romance deslanchar, mas a influência de Saturno pode levá-la a repensar a relação e se encantar por um homem mais velho.

Márcia Fernandes: Vai ser um ano bom para ela e para Túlio [Gadêlha].

Sara Zaad: O mais novo casal da TV brasileira terá muitos desencontros em 2018, causando uma péssima energia na relação que não durará. Fátima vai conhecer uma nova pessoa no fim do ano, com quem ficará por muitos anos. Ela é tranquila e romântica, não é de trocar de parceiros, mas neste caso será a pessoa certa no momento exato.

William Bonner
João Bidu: Com Júpiter no seu signo, o escorpiano do 3º decanato deve viver um ano de grandes emoções na vida sentimental. Urano entra em sua 7ª Casa e fala em mudança com relação a casamento. A entrada de Saturno em Capricórnio pode aumentar ainda mais o seu prestígio profissional.

Márcia Fernandes: Bonner continua com a mesma namorada, inclusive com possível cansamento.

Sara Zaad: William ficará muito instável e isso será notado por sua atual companheira. Há grandes chances de recaídas por causa de Fátima. Ele vai continuar com seu relacionamento, mas entres altos e baixos. O arrependimento pela separação será notado muitas vezes durante 2018. No lado profissional, ele será bem sucedido. Bonner precisa ter cuidados com depressão e outras doenças do gênero.

Anitta
João Bidu: Ariana autêntica, ela é ousada, batalhadora, corajosa e sedutora. A diva vai contar com as energias generosas de Júpiter na 8ª Casa Astral durante boa parte do ano. Ela poderá se deparar com algumas contrariedades entre início de março e julho, mas o segundo semestre será de expansão e mudanças positivas na vida profissional e pessoal. Saturno revela que o trabalho estará na linha de frente, com grandes possibilidades de reconhecimento e sucesso na carreira internacional.

Márcia Fernandes: Anitta vai explodir no mundo, vai ser igual a Shakira. Vai ter muito dinheiro, sucesso no mundo. Para o fim do ano ela deve querer um bebê, provavelmente vai engravidar.

Sara Zaad: O sucesso da cantora em termos mundiais vai fazer sua fortuna triplicar em 2018. No entanto, a vida de Anitta é uma guerra dela com ela mesma. A cantora tenta provar para si que pode ser o que ela já é e não vê. Em termos emocionais, Anitta sofre de instabilidade emocional constante e muita solidão. Tem um amor em segredo não correspondido e muitas dúvidas sobre ela mesma.

Neymar
João Bidu: Aquariano de 5 de fevereiro, 2º decanato. Vai ter de enfrentar Saturno em seu inferno astral, sinal de risco de contusões e problemas com coisas do passado. Algo envolvendo a família também pode afetar seu astral. Mas estará em alta, podendo viver um dos melhores anos de sua carreira, inclusive na Copa do Mundo. Boas possibilidades de reatar namoro com Bruna Marquezine.

Márcia Fernandes: Ele vai ter um ano maravilhoso, mas sem um grande amor.

Sara Zaad: Em uma canalização, vi Neymar muito triste, abatido. Vai ter um problema de saúde na família dele, que afetará o desempenho de Neymar. Uma perda familiar ou doença grave, mas nada com ele.

Ivete Sangalo
João Bidu: Ela é do 1º decanato de Gêmeos. As mulheres deste signo têm grande tendência de ter filhos gêmeos e Ivete está aí para provar. Mas em 2018 ela pode enfrentar alguns perrengues, pois Urano e Saturno, dois planetas complicadinhos, ocuparão posição delicada no horóscopo do seu signo. Certamente ela terá de fazer alguns sacrifícios, se impor algumas limitações e ter muito cuidado para não ser alvo de fofocas maldosas. Saúde e trabalho, porém, estão bem protegidos por Júpiter.

Márcia Fernandes: A vida dela será maravilhosa. Ela vai descansar uns quatro a seis meses. As crianças serão maravilhosas. Ela estará mais materna esse ano.

Sara Zaad: O sucesso está garantido para a Ivete. No entanto, algumas revelações sobre brigas, segredos e mau uso do livre arbítrio vão trazer desconforto. Ela terá uma depressão pós parto e fará uma grande campanha para mobilização deste problema entre as mulheres. Em questões emocionais, será um ano muito difícil. No fim de 2018, a cantora apresentará um novo trabalho que será sucesso em vários países .

COPA DO MUNDO
João Bidu: Nossa seleção vai para a Rússia na condição de favorita. Alguns astros favorecem: o Sol em Gêmeos e Câncer, por exemplo, é muito favorável. Urano (que tem tudo a ver os toques modernos que o técnico Tite implantou na Seleção) em Touro pode ser muito útil para vitórias no estrangeiro. Porém, Júpiter e Saturno podem jogar água no nosso chope. O primeiro estará na sua 3ª Casa Astral, posição favorável, mas em movimento retrógrado. Ou seja, falta de comunicação, fofocas e erros de arbitragem podem pintar na área. Saturno, em Capricórnio, paraíso astral do Brasil, também estará retrógrado. Em vez de muita sorte, pode anunciar dificuldades contra equipes com maior média de idade. A Seleção tem condições de trazer o caneco, mas será muito mais difícil do que grande parte da torcida imagina.

Márcia Fernandes: Muita coisa pode mudar até lá por conta da energia de cada pessoa envolvida. Se fosse hoje, a final seria entre Brasil e Alemanha.

Sara Zaad: Brasil ficará em segundo lugar, com uma final disputada nos pênaltis. O time vencedor será europeu. Haverá a contusão de um jogador importante nas quartas-de-final, afetando o desempenho do time. Neymar não fará um excelente desempenho na Copa. Surpresas e destaques: Portugal, Inglaterra, França.

TRAGÉDIAS
João Bidu: Previsões de catástrofes e acidentes graves no país. Em um ano em que temos Júpiter em Escorpião pode aumentar o risco acidentes, principalmente com água ou fogo. Os grandes eventos e os esportes coletivos podem ser alvo de atos violentos. Ataques de caráter político ou religioso também podem acontecer.

Márcia Fernandes: Um homem maravilhoso de televisão deve morrer esse ano. Fora da TV, um homem preso político morre ou matam.

Sara Zaad: O início do ano será marcado por desabamentos, latrocínio e violência. Além de todos os problemas climáticos de Santa Catarina, cairá também uma aeronave de pequeno porte contendo umas cinco pessoas. Entre elas, um casal da política muito importante. A aeronave cairá no mar e a morte de uma mulher será inevitável.
Quando os poderes executivo e legislativo entram em “rota de colisão”, já sabemos quem perde socialmente: “o povo”. Entretanto, um poder jamais deve ser submisso administrativamente ao outro, deve manter sua independência dentro das leis. Mas deve também trabalhar em harmonia, sempre buscando o bem comum social.

Todavia, quando esses citados poderes republicanos entram em rota de colisão política, tudo pode acontecer administrativamente. Veja o caso recente do município de Macau. Os políticos brigam e os munícipes pagam essa famigerada conta social.
Apresentação de novo sistema do TSE, com o ministro Gilmar Mendes
O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou nesta segunda-feira (18) dez resoluções com regras sobre prestação de contas, calendário eleitoral, registro de candidaturas e pesquisas de intenção de voto, entre outras, para as eleições de 2018. Basicamente o tribunal manteve as regras definidas na reforma política.

Ainda podem ser feitas alterações até o dia 5 de março, segundo a Folha de São Paulo.

Outros temas devem ser discutidos até essa data, como o voto impresso, o estabelecimento de cotas para as mulheres nos diretórios dos partidos e a cláusula de barreira para distribuição do fundo partidário.

Os ministros ainda devem rediscutir o teto de autofinanciamento para as campanhas. Uma das resoluções aprovadas impõe limite até 10%: “O candidato poderá usar recursos próprios em sua campanha até o limite de gastos estabelecido para o cargo ao qual concorre, devendo observar, no caso de recursos financeiros”, diz o texto.

No entanto, o documento foi preparado com base no veto do presidente Michel Temer a uma regra aprovada pelos congressistas, que haviam limitado as doações de pessoas físicas a dez salários mínimos para cada cargo em disputa –ou seja, 50 salários mínimos em 2018, quando haverá eleição para cinco postos.

Com o veto presidencial, passou a vigorar o atual limite, de até 10% da renda bruta do doador do ano anterior à eleição. Na semana passada, entretanto, o Congresso derrubou o veto de Temer.

Agora, o TSE deve voltar a discutir os limites do autofinanciamento e o tema pode terminar por ser discutido no STF (Supremo Tribunal Federal), afirmou o ministro.

“Essa é uma discussão que como vocês sabem, vinha da eleição anterior. O problema que agora se colocou é que o veto agora derrubado é desses dias, a gente já entra no período da anualidade [período em que as regras eleitorais não podem ser alteradas por faltar menos de 365 dias para o pleito]”, disse Gilmar.

Segundo ele, o tribunal vai ter que discutir se a nova regra pode ser aplicada tendo em vista a cláusula de anualidade —as regras para a eleição devem ser aprovadas até um ano antes do pleito para poderem ser utilizadas.

“O TSE vai se pronunciar sobre isso. Pode se fazer por interpretação, em princípio até o dia 5 de março. Você tem uma regulação própria aprovada fora do período de um ano antes das eleições”, acrescentou.

Em 2015, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu que é inconstitucional o financiamento de empresas para campanhas eleitorais e partidos. A decisão tem potencial impacto nas disputas eleitorais, uma vez que as empresas são os maiores doadores de políticos e partidos, e já teve validade nas eleições municipais de 2016 —e foi apontada por alguns críticos da decisão do Supremo como fator que desequilibrou algumas disputas.

VOTO IMPRESSO
Gilmar voltou a dizer que cerca de 30 mil seções devem ter o voto impresso, conforme antecipou a Folha.

“A opção que adotamos é de fixar o número de urnas e estamos fazendo a licitação para as impressoras correspondentes. Cerca de 30 mil seções serão atendidas pelo voto impresso e isso será portanto um experimento”, afirmou.

NOVAS DECISÕES
Até o dia 5 de março o TSE deve discutir outros quatro pontos sobre as regras do pleito de 2018, além de elaborar a resolução sobre o voto impresso.

Os quatro casos chegaram ao tribunal em forma de consultas e podem alterar o que foi publicado nas resoluções desta segunda-feira.

Uma das consultas trata sobre o financiamento de campanha de mulheres com dinheiro do fundo partidário. A lei determina que os partidos devem reservar no mínimo 5% e, no máximo, 15% dos recursos do fundo partidário destinados às campanhas eleitorais para aplicar nas campanhas das candidatas mulheres. No entanto, com a criação do fundo eleitoral este ano, criado exclusivamente para financiar campanhas, o tribunal foi questionado sobre se a reserva no fundo partidário está mantida.

Outra consulta diz respeito a cotas para transgêneros em casos em que o sexo de identificação seja diferente do que consta no documento. Por exemplo: se a pessoa que quer concorrer a um cargo nasceu homem, mas mudou de sexo e ainda não conseguiu fazer a alteração no documento, ela pode entrar na cota reservada para as mulheres na política? Os ministros vão discutir o assunto.

Além disso, os ministros ainda vão responder a uma questão de gênero envolvendo a direção dos partidos nos diretórios estaduais. O TSE recebeu uma consulta para saber se a cota de 30% de vagas para mulheres em candidaturas eleitorais também é obrigatória para a composição das comissões executivas e dos diretórios nacionais, estaduais e municipais das legendas.

A quarta questão a ser debatida será sobre duração das comissões partidárias nos casos em que a direção não é eleita, mas sim, nomeada.
A exemplo de outros municípios serranos, em Lagoa Nova/RN, a classe política anda meio que apressadinha. Um exemplo contundente disso, é que durante a sessão, do último período legislativo do ano, realizada nesta sexta sexta-feira (15), Vereadores já se anteciparam e elegeram a mesa diretora para o biênio (2019-2020). Concorria pela chapa governista: Ivamar Domingos (Presidente), Dequinha Primo (Vice-Presidente), Emílio José (1º Secretário) e Paulo Machado (2º Secretário).

No pleito, mais uma vez, foi eleita a chapa de oposição, formada pelos vereadores: Nazareno Ulisses Alves (Presidente), Antônio Domingos Soares (Vice-Presidente), Val Araújo (1º Secretário) Júnior Gavão (2º Secretário).

Valendo salientar que, o placar eleitoral apresentou o seguinte resultado: Oposição 6X5 Governistas. Sendo que, para a legislatura que será iniciada em 2019, o Vereador Nazareno, estará apto a assumir o 3º mandato como presidente do parlamento lagoanovense.

tenentelaurentinoagora
Com o titulo “Não existe meia verdade”, a psicóloga Lídia Guedes publicou um texto no Facebook nesta quarta-feira, 13 de dezembro, anunciando sua saída, pela ‘porta da frente’, do Partido Solidariedade, legenda que preside no município do Encanto, na região do Alto Oeste do RN, e pela qual disputou o cargo de vice-prefeita em 2016. Na postagem, Lídia Guedes escreveu que o motivo principal do desembarque da sigla é que o Solidariedade, igual a outros partidos, possui um dono, que é o deputado estadual Kelps Lima, que tem um projeto pessoal e ambicioso de poder. Ela lembrou da expulsão da empresária Priscila Müller. "Foi pelo whatsapp, estranho isso".

“Priscila foi expulsa do partido de forma agressiva e equivocada, surpreendendo, assim, os membros de todo o estado. Essa expulsão se deu via Whatsapp, de forma diferente de como o convite foi feito”, declarou Lídia, acrescentando que “não existe meia verdade ou meia ação. Fazer o bem não advém de partidos, e sim de pessoas”.

VEJA NA ÍNTEGRA
“Injustiça e ingratidão são manifestações da vida pública que me revoltam. Sou transparente e correta. Sou justa nas minhas decisões. A vida pública deve ser assim. Em 2016 disputei as eleições municipais na cidade de Encanto, pelo partido solidariedade, porque acreditei ser um partido diferente, justo e verdadeiro. Nosso grupo fez um vereador na cidade e nos mantivemos como oposição local, seguindo assim com coerência, nosso discurso com a prática. Dentro do partido conquistei meu espaço, fiz parte da executiva estadual, fui coordenadora política regional, participei da criação e da coordenação do Projeto Jovens Líderes. Não a toa era citada pelo presidente abertamente, como exemplo, dentro do partido, por ser jovem e mulher galgando espaços na política. Neste ano fui CONVIDADA pelo presidente do partido, o deputado Kelps Lima, para ser pré-candidata a deputada estadual representando o Solidariedade na região do Alto Oeste Potiguar. RECUSEI O CONVITE. A nossa região merece um PROJETO REAL, firme e viável, não somos massa de manobra para servir aos interesses de partidos e seus “apadrinhados”. A vida das pessoas depende da água que não chega, da decisão que lá na frente será mal tomada na assembleia e eu me recuso a fazer parte disso. Em Julho de 2017, o presidente estadual convidou a empresária Priscila Müller para integrar os quadros do partido e ser pré-candidata a deputada estadual. Ao aceitar o convite, participamos de uma reunião dos pré-candidatos. Como em todos os campos da política, uma pequena participação de mulheres. A pedido do partido apresentei à Priscila os caminhos da legenda para que logo ocorresse a sua desenvoltura como pré-candidata. Alguns meses depois, Priscila foi expulsa do partido de forma agressiva e equivocada, surpreendendo, assim, os membros de todo o estado. Essa expulsão se deu via Whatsapp, de forma diferente de como o convite foi feito. Já tinha declarado meu apoio ao projeto #EusoudoRNinteiro, depois de iniciarmos um trabalho por todo RN. Após esse acorrido a minha decisão foi de NÃO aceitar injustiça e comportamentos inadequados para uma legenda na qual acreditei ser diferenciada. Mulheres na política não podem ser uma opção de ocupação de espaços. Tenho convicção que deve ser um espaço real de empoderamento feminino, luta por igualdade de direitos e resistência. Depois de ouvir minha família, amigos e correligionários; tomei MINHA DECISÃO. Saio da legenda partidária pela porta da frente, com transparência, justiça e sinceridade. Deixando a comissão provisória da cidade de Encanto/RN a disposição do partido, não existe meia verdade ou meia ação. Fazer o bem não advém de partidos, e sim de pessoas. A verdade surge. “Não se opor ao erro é aprová-lo, não defender a verdade é negá-la.”
O presidente da Fiern, Amaro Sales, acaba de divulgar pesquisa encomendada à Consult sobre administração e política. Foram 1700 entrevistas entre os dias 2 e 7 de dezembro em todo o Rio Grande do Norte.

Abaixo os números da política, adiantando que no quesito aprovação, o presidente Michel Temer tem 89,29% de desaprovação e o governador Robinson Faria 85,24%.
A ex-secretária de Assistência Social, Julianne Faria, entregou a Presidência do PSD Mulher no Rio Grande do Norte e ainda pediu desfiliação do partido presidido no Estado pelo governador Robinson Faria. Na semana passada, Julianne já tinha entregado o cargo de Secretária durante a madrugada da quinta-feira (07), provocando a reforma no secretariado do Governo Robinson. Vagner Araújo foi o substituto de Julianne na Secretaria.

Que fique claro:
numa eventual mudança de partido da primeira-dama do estado, Julianne Faria (ex-PSD), ela não está livre para ser candidata a qualquer cargo eletivo no próximo ano. Independentemente da crise político-matrimonial que vive agora com o governador Robinson Faria (PSD), Julianne Faria só poderá se candidatar às eleições do próximo ano, se ele se desincompatibilizar do poder.

E ponto final.
Por maior que possa ser o fosso entre ambos, de ordem política ou particular, a legislação não permite outro atalho à eventual candidatura dela.

Desta forma, acho melhor Julianne desistir de qualquer pretensão política. Depender do governador, com a angustiante gestão que ele tem feito, é "suicídio político" pensar em ser candidata a qualquer cargo eletivo.
Na terra das salinas a politica está viralizando nas redes sociais e movimentando os bastidores políticos da Terra do Sal. Enquanto um vereador vai,  o outro vem. 

Recentemente as informações de que o vereador Oscar Paulino, que se declarava oposição ao prefeito Túlio Lemos, agora faz parte da situação, sendo dessa forma a mais nova liderança política do governo Túlio Lemos no distrito de Diogo Lopes. Oscar é o vereador mais experiente da casa no seu sétimo mandato. Com toda experiência política que carrega, o vereador Oscar pode ocupar muito bem a posição de líder do governo na Câmara ou até mesmo ser o escolhido pelo prefeito Túlio Lemos para ser o próximo presidente da casa, uma vez que a experiência do vereador Oscar seria muito útil para ser utilizada contra os vereadores de oposição.

Já na contra mão desse fato  é que o atual presidente do legislativo Macauense Jairton Medeiros (Pintinho) - PCdoB, pessoa ligadíssima ao médico Eduardo Lemos - PCdoB, rompeu politicamente com o prefeito Túlio Lemos - PSD, a quem lutou para o eleger.

O edil anunciou o seu rompimento político com o prefeito. 

Já estamos ao fim do ano e a elite política do RN, não tem a menor ideia de definição do seu projeto político eleitoral. Ainda não abriram os olhos a uma nova realidade, e pensam que são o donos do Mapa da Mina, o que não são, hoje está com o povo, bem guardado em uma caverna que só o camponês sertanejo e seus descendentes desempregados nas cidades sabem aonde encontrarem.

Teremos no próximo ano um pleito sem a menor influência do que já comandaram a nossa política. A ex-governadora Wilma de Faria, partiu para a eternidade, Henrique Alves, não esperaram nem a condenação, já está preso, Garibaldi Alves envolvido na Lava Jato, Zé Agripino réu por corrupção, o prefeito Carlos Eduardo em silêncio e com medo das apurações de corrupções em sua administração e receoso dos seus pares. Os Rosados está reservado o papel de coadjuvante, aguardam o desenrolar dos acontecimentos.

No andar mais de baixo o PSDB tenta uma via junto ao PR, que não chegam a conclusão nenhuma. Compreendendo tudo isso, o PT vai tentando o seu projeto com a Senadora Fátima Bezerra, que colocará seu nome para a disputa do governo. Diante de tantos fracassos de alianças mal feitas, oportunista e que não leva a absolutamente a nada, será que o futuro governador (a)  resistirá as companhias oportunistas? E como se comportará o povo que lhe dará respaldo? São fatos que precisam serem estudados sobre a compreensão da esquerda ou da direita Potiguar, que precisa urgentemente retomar o diálogo, pois não poderá ficar dispersos. O PCdoB, PSOL, REDE, PV, PPS, Solidariedade e PSTU poderiam construírem uma alternativa de poder e governança real no Rio Grande do Norte.
Carnaubais para todos
O empresário e ex-senador Tasso Rosado (Jerônimo Tasso de Góis Rosado), 74, faleceu agora à tarde em São Paulo-SP.

Estava internado desde a primeira semana de novembro no Hospital Sírio Libanês.

Passou por procedimentos cardíacos de urgência.

Depois daremos detalhes sobre velório, sepultamento e outras informações.

Em 20 de março deste ano ele teve complicações cardíacas e foi submetido a angioplastia em Mossoró, no Hospital Wilson Rosado (HWR).

Política
Tasso Rosado, irmão da ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB), teve rápida passagem pelo Senado entre 2001 e 2002, com licença do titular Fernando Bezerra (que migrou para Ministério da Integração) e renúncia do segundo suplente Agnelo Alves (PDT), que foi empossado na Prefeitura de Parnamirim.

Chegou a ter nome cogitado como opção a vice-governador à época em que seu segmento familiar era ligado ao grupo da hoje vereadora Sandra Rosado (PSB). Mas nunca concorreu a qualquer cargo eletivo. 
Há quem diga que os tempos atuais já têm polêmicas demais entre os dois artigos política  e futebol. Apontamentos sobre a pretendida conjuntura espera que os profissionais do futebol e da política sejam árbitros e objetivos.

Ao observar mais amplamente o nosso personagem da foto, Hélio Willamy, nota-se que este é um verdadeiro craque no mundo da bola, além de um grande visionário da fé no mundo político.

Na época dessa foto, ele jogava como zagueiro (posição que ocupa até os dias atuais). Vale destacar que essa posição que surgiu no futebol é para defender ferrenhamente o seu time em campo, com passes, chutes, marcações, defesa, cabeceio, etc, no entanto, o seu vigor físico faz com que ele ataque e defenda ao mesmo tempo em alta velocidade e determinação, com mais eficiência. Ele possui ainda outros recursos como o bom posicionamento e alguns dribles. No futebol, Hélio tem como característica um forte arremesso nas sua finalizações

Já no campo politico a característica mas evidente são os cuidados com a coisa pública, com atitudes mais do que urgentes. Especialmente com decisões e discursos bem aplicados, buscando o melhor para o seu povo, caminhando pelo sentido mais tranquilo e  sempre perseverante. A característica mais evidente é cumprir todas as funções de um bom prefeito, trocando os chutes pelo os abraços, as marcações pelas determinações, as defesas pelos defendimentos, o cabeceio pelos brilhantismos toscanejos, e os dribles pelas afirmações.

O bom é que, além de executar todas essas características com eficiência, ele ainda tem outros recursos, como por exemplo, o bom posicionamento de líder com eventuais momentos de craques, embora em um intenso jogo de raciocínio e estudo, de jogadas calculadas, previsíveis e imprevisíveis, que na maioria das vezes chega até desconcertar o os adversário psicologicamente.

A premissa que diz "...O bom e talentoso é aquele que acerta o alvo que ninguém acerta. Craque é aquele que acerta o alvo que ninguém viu...". O craque de visão se mostra correto quando faz  um lançamento para aquele jogador que só ele viu livre, que nem a defesa de frente conseguiu enxergá-lo.

No futebol os gênios são os que fizeram jogadas de craques com uma frequência fora do comum devido à sua rapidez de raciocínio! 

Já na politica, os gênios são compostos por um conjunto de atributos como: humildade, sinceridade, honestidade e, acima de tudo, genialidade.
Café Filho, João Goulart, José Sarney, Itamar Franco, Michel Temer. O que eles têm incomum na política brasileira, ambos chegaram à presidência do Brasil, na condição de vice-presidente. Entretanto, o cargo de vice no Brasil, em muitos casos, não é considerado aliado político, e sim um complemento eleitoral.

Afinal, depois de eleitos tudo pode acontecer entre ambos, na defesa dos seus interesses individuais. Todavia, nesta novela real, o ator principal sempre fica de olhos abertos nas possíveis manobras do ator coadjuvante.
A noite deste quarta-feira dia 06, foi movimentada nos bastidores políticos da Terra do Sal. Além da reunião do prefeito Túlio Lemos com seus vereadores aliados nos chega a informação de que o vereador Oscar Paulino que se declarava oposição ao prefeito Túlio Lemos agora faz parte da situação, sendo dessa forma a mais nova liderança política do governo Túlio Lemos no distrito de Diogo Lopes.

Oscar é o vereador mais experiente da casa no seu sétimo mandato Com toda experiência política que carrega o vereador Oscar pode ocupar muito bem a posição de líder do governo na Câmara ou até mesmo ser o escolhido pelo prefeito Túlio Lemos para ser o próximo presidente da casa, uma vez que a experiência do vereador Oscar seria muito útil para ser utilizada contra os vereadores de oposição e até mesmo contra o atual presidente Jairton Medeiros Pintinho com quem Túlio vem se estranhando a tempo.