BARRAGEM ARMANDO RIBEIRO GONÇALVES TEM MENOS DE 420 MILHÕES DE METROS CÚBICOS

Na última segunda-feira, dia 24 de julho a Barragem Engenheiro Armando Ribeiro Gonçalves estava com 414 milhões 33 mil 533 metros cúbicos. O dado foi divulgado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), unidade regional do Vale do Açu chefiado pelo engenheiro Rafael Mendonça. Em termos percentuais a reserva hídrica é de 17,25 pontos da sua capacidade total que é de 2,4 bilhões de metros cúbicos. Para se ter uma ideia de como está o manancial faltam mais de 17 metros para a água chegar ao primeiro sangradouro.

A situação do reservatório ainda é crítica e quem depende das suas águas deve utilizar o precioso liquido de forma consciente e com o máximo de prudência a fim de evitar o desperdício. O DNOCS acrescentou que a vazão de água liberada para perenizar o rio Açu é de 5 metros cúbicos por segundo. A medição foi feita no dia 07 deste mês pelo Instituto de Gestão das Águas do Rio Grande do Norte (IGARN), com o auxílio de medidor de vazão ultrassônico.